Ser síndico de um condomínio não é uma atividade fácil. Exige muito esforço e preparação para ouvir e buscar as melhores soluções, a fim de proporcionar uma boa convivência entre os moradores.

Com o objetivo de ajudar você nessa jornada, vamos falar de algo que, se não for bem-feito, pode gerar problemas: a distribuição das vagas de garagem dos condôminos.

Quer saber mais sobre como fazer a definição da vaga de garagem? Confira nosso post e tire suas dúvidas!

Estabeleça regras

Independente da forma de distribuição das vagas de garagem definida para a utilização dos condôminos, é importante que sejam estabelecidas regras para a utilização do espaço comum.

Tomar essa atitude vai evitar que surjam discussões e/ou outros problemas entre os moradores. Deve-se levar em consideração que ninguém quer ter o seu espaço ocupado em um momento de necessidade, afinal o ambiente é de todos e, por isso, precisa de uma padronização.

Portanto, é importante deixar claro que nesse espaço não é próprio fazer:

  • lavagem de veículos;
  • manutenção dos carros;
  • alterações na vaga sem consultar os demais (sindico e condôminos envolvido).

Vale ressaltar, também, a necessidade de determinar multas para o condômino que não seguir as regras ou até mesmo insistir em estacionar em local não permitido.

Conheça as formas de distribuição das vagas de garagem

Quando uma pessoa compra um apartamento, ela tem direito a uma vaga de garagem no condomínio. No entanto, essa vaga não é determinada no momento da aquisição do imóvel, cabe ao síndico organizar a melhor forma de distribuí-las, podendo ser por:

Rodízio

A verdade é que existem vagas mais bem localizadas dentro de uma mesma garagem. Por isso, com o objetivo de mostrar que todos têm os mesmos direitos, pode ser organizado um rodízio das vagas.

Essa forma de administração visa manter a igualdade de direitos e o equilíbrio entre os moradores.

Sorteio

A forma de administração mencionada anteriormente pode fazer com que muitos moradores se confundam algumas vezes, afinal, nem sempre se pode estacionar no mesmo lugar.

Para evitar esse problema, pode ser feito o sorteio desses espaços entre os condôminos. Assim, todos terão direito a uma vaga fixa. Chame uma convenção para organizar essa ação. Fique atento à alguns cuidados:

  • faça o sorteio de forma justa;
  • organize o sorteio em um espaço amplo onde todos possam estar presentes;
  • tenha um mapa para que os moradores possam ver a localização das vagas;
  • deixe pessoas disponíveis para sanar as dúvidas.

Aluguel e Venda

A maioria dos condomínios tem, pelo menos, uma vaga para cada apartamento, o que pode ser um problema para as pessoas que possuem mais de um carro.

Uma saída, neste caso, é comprar ou mesmo alugar a vaga de algum morador que não possui veículo. Assim, por meio de uma troca financeira, um cede para o outro o direito de uso da vaga de garagem.

A Lei Federal nº 12.607, em vigor desde 20 de maio de 2012, deixa bem claro que não deve ser vendido ou mesmo alugado o espaço de garagem para pessoas que moram fora do condomínio.

Sendo assim, é muito importante que toda mudança feita nesse sentido seja autorizada pelo sindico e pelas pessoas envolvidas por meio de uma convenção, garantindo, assim, os interesses de todos.

Se você seguir as dicas que apresentamos, estabelecendo as regras necessárias e fazendo a distribuição das vagas de garagem de forma apropriada entre os condôminos, muitos problemas serão evitados e a convivência entre os moradores será facilitada.

Gostou de saber distribuir vaga de garagem no condomínio? Quer saber mais sobre o assunto? Então, confira o que é e para que serve convenção em condomínio!