Um imóvel vago, como um apartamento para alugar, é dinheiro parado e significa prejuízo na certa. Certamente é uma situação que todo proprietário deseja evitar.

É claro que a propriedade de um imóvel representa um investimento feito com recursos financeiros que poderiam ter sido aplicados em outra fonte de renda, então, precisa dar retorno.

É preciso lembrar que as despesas de um apartamento para alugar, incluindo custos como condomínio e IPTU, entre outros, acabam levando o dinheiro embora enquanto o imóvel continua vazio.

Assim, o patrimônio que deveria ser uma fonte de renda acaba se transformando em um “ralo de dinheiro”.

Afinal, ter um apartamento para renda é bem diferente de outros tipos de investimento, como apostar no mercado de ações ou até mesmo de guardar dinheiro em uma poupança bancária: sem aluguel não há renda, nem retorno sobre o investimento.

Conheça as despesas que você pode evitar ao alugar logo o seu imóvel:

 

1 – Condomínio

Se o imóvel estiver desocupado, a responsabilidade de pagar a taxa mensal do condomínio é do proprietário. Essa pode ser a maior das despesas se você não colocar seu apartamento para alugar. Em caso de reformas necessárias no condomínio, por exemplo, essa taxa pode variar com o rateio entre as unidades, ficando ainda maior.

Deixar de pagar a taxa de condomínio é uma atitude sujeita às penalidades previstas no Código Civil. Além de multas, o proprietário pode ser proibido de votar nas assembleias, ter contas bancárias bloqueadas, ter o nome negativado, dentre outras consequências. Se a inadimplência perdurar, o imóvel pode ser penhorado.

Em suma, não pagar a taxa de condomínio é um péssimo negócio.

 

2 – Contas de consumo

Dependendo da estrutura do condomínio, algumas despesas essenciais, como água, luz e gás, já estão incluídas no condomínio. No entanto, há casos nos quais  essas contas são cobradas separadas. De qualquer forma, mesmo com o imóvel vazio, o dono precisa arcar com essas taxas. Isso, porque as concessionárias desses serviços cobram uma taxa mínima de consumo.

Como sabemos, essas contas são mensais e vão continuar chegando a cada 30 dias. Assim, o não pagamento dessas despesas acarreta em cortes no fornecimento. Nesse caso, quando o imóvel for locado, o proprietário terá que arcar a taxa de “religação”, além de juros e multas de todas as contas em atraso.

 

3 – IPTU

Enquanto você tiver um apartamento para alugar, também vai precisar manter o IPTU em dia. Quando o imóvel for alugado, essa conta passará a ser responsabilidade do locatário,  caso contrário, essa despesa sai do seu bolso mesmo. Inadimplentes deste imposto podem perder o imóvel. Deixar o IPTU acumular também não é uma boa ideia porque o débito se torna uma dívida ativa, o nome fica sujo e pode haver protesto em cartório.

 

4 – Manutenção básica

Você já visitou seu imóvel depois de um bom tempo que ele ficou vazio e fechado? Então, já deve ter percebido como a manutenção do local é necessária, certo? Problemas como mofo, manchas pelas paredes e acúmulo de sujeira podem desvalorizar, e muito, o apartamento. Como dono do imóvel, você vai ter gastos regulares com limpeza, manutenção e reparos, enquanto ele estiver desocupado.

Esse é o tipo de gasto que não é obrigatório, mas necessário. Caso contrário, certamente você vai afastar possíveis interessados na locação e ter prejuízos na hora de alugar o imóvel.

 

5 – Reformas de um apartamento para alugar

Se esse apartamento para alugar estiver vazio por muito tempo, o problema pode ir além da necessidade de reparos básicos. Podem aparecer problemas estruturais, como vazamentos ou infiltrações.

Ter um apartamento para alugar, como fonte de renda, é um excelente negócio, mas pode ser um “tiro pela culatra” se você não conseguir manter o local ocupado.

Alugar e administrar um imóvel por conta própria, pode ser mais difícil do que parece. Por isso, é importante deixar essa missão nas mãos de uma imobiliária especializada, que vai saber lhe orientar para um processo rápido e seguro de locação, a fim de aumentar a lucratividade do imóvel.

Se você quer lucrar com o seu apartamento para alugar, ele não pode ficar parado!

Você tem um apartamento para alugar que está vazio? Já contabilizou os prejuízos? Compartilhe sua experiência conosco nos comentários!