O controle de gastos é muito importante na gestão de um condomínio. Uma boa organização permite que você não desperdice recursos e conheça melhor a realidade financeira do espaço, entre outras questões.

Uma das maneiras de se alcançar uma boa gestão dos gastos é controlando a folha de pagamento de condomínio. Ela deve conter todos os valores despendidos com colaboradores, de forma a organizar os pagamentos entre os que já foram efetuados, aqueles que ainda restam e a totalidade de agentes beneficiados.

Neste artigo, vamos dar algumas dicas para que você organize a folha de pagamento do seu condomínio e, por fim, falaremos sobre as principais vantagens da contratação de uma empresa com experiência no assunto. Confira!

Dicas para organizar melhor a folha de pagamento de condomínio

Inserimos, abaixo, 6 dicas que você deve seguir para organizar a folha de pagamento de seu condomínio. É importante ressaltar que, para que a empreitada tenha sucesso, todas as medidas devem ser adotadas de forma conjunta. Caso contrário, os resultados podem não sair como o esperado.

Planeje e organize as contas

O primeiro passo para melhorar a compreensão e a dinâmica da folha de pagamento envolve a organização e a atualização. Se possível, mantenha um acervo, guardando todos os recibos e comprovantes dos gastos de meses anteriores, de forma a facilitar a contabilidade dos períodos posteriores e facilitar sua vida durante possíveis auditorias futuras.

Com as contas e as folhas de pagamento organizadas, a administração do condomínio consegue fazer um planejamento adequado para gastos futuros. Verifique em quais pontos se está gastando demais e os casos em que os resultados não estão sendo tão bons.

Analise também as áreas em que os custos são baixos, mas é necessário ampliar o investimento, e os locais onde está tudo certo. Aliando essas duas ferramentas da administração, a gestão do seu condomínio ganha com a otimização da aplicação de recursos e a eficiência.

Controle e delimite as horas extras

É importante quantificar, controlar e delimitar as horas extras na folha de pagamento. Essa recomendação é motivada por vários pontos: o primeiro é que você deve se planejar e organizar quanto aos gastos com os funcionários. O outro é sua segurança (e a do condomínio) em eventuais processos trabalhistas.

Tudo deve ser muito bem documentado e arquivado. A análise desses dados ajuda no planejamento das despesas também, já que você pode avaliar se as horas extras estão sendo realmente necessárias etc.

Invista em tecnologia para economizar e otimizar a aplicação de recursos

A tecnologia existe para auxiliar as pessoas em suas tarefas cotidianas. Sendo assim, você pode (e deve) utilizar ferramentas tecnológicas, como os softwares, para controlar a folha de pagamento do seu condomínio.

As tecnologias aumentam a capacidade de organização da folha de pagamento, pois contam com várias ferramentas que dinamizam a contabilidade e o armazenamento de dados. Com isso, a administração é capaz de prever e planejar melhor os gastos e pagamentos.

Aposte no conhecimento técnico de softwares

Entretanto, de nada adianta apostar na tecnologia se seus profissionais e você mesmo não estiverem capacitados para manuseá-la Dessa forma, é necessário que seja feito um investimento para elevar o nível de conhecimento técnico dos funcionários administrativos do condomínio em relação aos softwares adotados para a gestão, a organização e o planejamento da folha de pagamento.

Com isso, os trabalhadores se sentem valorizados por serem colocados no centro do processo. Para que essa etapa seja executada da maneira correta, recomenda-se a oferta de minicursos, pequenas consultorias com profissionais especializados nos softwares e o uso de metodologias de gestão de folha de pagamento de condomínio.

Insira os descontos na folha de pagamento e explique-os

Além dos gastos adicionais, como as horas extras, você deve inserir na folha de pagamento os descontos, explicando-os e discriminando-os. Eles são devidos a itens como:

  • atrasos e faltas;
  • benefícios, como vale-transporte e vale-refeição;
  • imposto de renda;
  • contribuição sindical;
  • cota da previdência.

Esse cuidado auxilia no controle dos gastos e no planejamento das folhas de pagamento dos meses seguintes. Além disso, a administração passa a não se esquecer de fazer os descontos necessários.  

Certifique-se de incluir todas as informações sobre os pagamentos

É importante inserir na folha de pagamento, além dos números e dos valores dos salários, os motivos pelos quais eles estão sendo feitos. Isso ajuda você a quantificar e ter uma ideia do total de custos e de em que (e por que) está gastando aquilo.

Tal medida é importante para auxiliar no controle e no planejamento dos gastos e em eventuais auditorias futuras. Esses detalhes mostrarão que você tem total conhecimento da aplicação dos recursos e servem como garantias para sua integridade.

Vantagens de contratar uma empresa especializada em administração de condomínios

Em diversas áreas, é necessário recorrer a profissionais especializados e com experiência no assunto para otimizar nosso tempo e dinheiro. A administração de condomínios é um desses exemplos, especialmente quando se trata dos grandes.

Quanto maior é o condomínio, mais a folha de pagamento se estende e maior é o trabalho para geri-la. Como a má aplicação dos recursos pela administração pode gerar problemas em auditorias futuras, recomenda-se a contratação de uma empresa especializada para fazer o serviço.

Lembre-se de que essa é uma tarefa bastante complexa e, muitas vezes, fica difícil conseguir se dividir entre o trabalho, a vida pessoal e a gestão do condomínio. Diante disso, o síndico se sente pressionado e atolado em obrigações.

Sendo assim, uma excelente solução é a consultoria ou contratação de uma empresa especializada para fazer a gestão da folha de pagamento do seu condomínio. Dessa forma, é possível reduzir o estresse e evitar o desperdício de recursos!

Como vimos, uma boa organização da folha de pagamento de condomínio é essencial para manter sua saúde financeira. Por se tratar de uma função muito importante — inclusive para evitar auditorias futuras —, vale a pena buscar por consultorias de empresas especializadas no assunto.

Este artigo foi útil para você? Que tal curtir nossa página no Facebook para ficar sempre por dentro da administração de condomínios? Até a próxima!